RSS

Arquivo mensal: agosto 2011

Visitas ilustres

O xeque Ali Al Thani, do Qatar, vem para o Brasil nesta quinta (01/09) participar do Oi Athina Onassis Horse Show, que acontece no fim de semana no Rio de Janeiro.

O conde Vladimir Tolstói, tataraneto de Lev Tolstói e diretor do museu e da fundação dedicados à obra do escritor, virá ao Brasil também em setembro. Falará em seminário sobre o legado do autor russo para o século 21, no CCBB-SP.

 

Fontes:

http://m.estadao.com.br/noticias/impresso,direto-da-fonte,765873.htm

http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2011/08/30/tataraneto-de-tolstoi-vem-ao-brasil-no-mes-que-vem.jhtm

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30/08/2011 em Notícias

 

Investimento coreano no Brasil sobe 213% em 2011

Metódico como o empresário japonês e ousado como o chinês. É assim que advogados e consultores do setor corporativo definem o perfil do empreendedor coreano, que tem aumentado a presença no Brasil.

O IED (Investimento Estrangeiro Direto) da Coreia do Sul no Brasil de janeiro a julho de 2011 mais que triplicou em relação ao verificado no mesmo período de 2010. Saltou de US$ 194 milhões para US$ 608 milhões, um aumento de 213,4%.

O tigre asiático ficou entre os dez países que mais investiram no país neste ano até julho. Um ano antes, estava na distante 21ª colocação.

A combinação de cautela e ousadia, que pode parecer contraditória, faz dos coreanos empresários bem-sucedidos, que não costumam voltar atrás depois de uma decisão tomada.

“Eles demoram a decidir, tudo parece um pouco burocrático. Mas, depois de estabelecidas as diretrizes de um negócio, são muito ágeis e eficazes em transformar em realidade”, diz Martim Machado, sócio do Campos Mello Advogados, que tem cooperação com o DLA Piper (EUA).

O Campos Mello assessorou a operação de entrada da Hyundai Heavy Industries em Itatiaia, no Rio, para construção de uma unidade para produzir máquinas pesadas para construção civil.

O processo de negociação durou um ano inteiro. Com investimento de US$ 150 milhões e conclusão prevista para o fim de 2012, será a primeira fábrica própria da empresa -que é o maior estaleiro do mundo- fora da Ásia.

A unidade terá 300 mil m², e o terreno, de 600 mil m², possibilita futuras ampliações. “O interesse deles nessa fábrica é a produção de máquinas para construção. Navios não fazem parte dos planos lá por enquanto”, diz Machado.

A Hyundai Heavy Industries também é sócia da OSX, de construção naval, do empresário Eike Batista.
Já a Hyundai Motor, outra empresa, investiu US$ 600 milhões em uma fábrica em Piracicaba, interior paulista, para produzir 150 mil automóveis por ano a partir do segundo semestre de 2012.

A companhia, que já tem unidades na Rússia, Índia e China, disse ter decidido vir para o Brasil pelo “crescimento sustentável e o grande fluxo de investimentos estrangeiros [no país]”.

E a Samsung Electronics investiu na ampliação da fábrica de Manaus, que passou de 50 mil m² de área construída para 120 mil m² e se tornou, em 2011, “a mais moderna da empresa no mundo”, de acordo com Benjamin Sicsú, vice-presidente de novos negócios da companhia para a América Latina.

Em Manaus, a empresa, que não divulga os valores aplicados, passou a verticalizar a produção de alguns itens, montando, por exemplo, molduras de televisão.
Além disso, aposta na fabricação de tablets na unidade de Campinas desde setembro de 2010. “O Brasil é o quinto maior mercado do mundo em faturamento para a Samsung Electronics e queremos chegar ao terceiro lugar em um ano e meio, atrás só da China e dos EUA”, disse Sicsú.

A Samsung Heavy Industries, outra empresa, é sócia de Camargo Corrêa, Queiroz Galvão e PJMR no Estaleiro Atlântico Sul, o maior do país, no complexo portuário de Suape (PE).

  Editoria de Arte/Folhapress  Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/964327-investimento-coreano-no-brasil-sobe-213-em-2011.shtml
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/08/2011 em Notícias

 

Taekwondo Absolute Legends • World Tour 2011 – NO BRASIL

O Grão-Mestre YEO JUN KIM, orgulhosamente apresenta o “TAL” (Taekwondo Absolute Legend) um espetáculo inimaginável, inesquecível, um show de altas performances com múltiplos grupos esportivos e culturais vindos da Coréia, e o organizador deste incrível show Grão-Mestre KIM vem convidar à todos para fazer parte deste grande e único show do esporte e da cultura coreana a ser realizado no dia 29 de Setembro, SESC Pinheiros.

A Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD, Presidida pelo Grão-mestre Carlos Fernandes); Federação de Taekwondo do Estado de São Paulo (FETESP, Presidida pelo Gms. KIM, Yeo Jun); Korean Taekwondo Association (Presidida pelo Gms. Hong Jun Pyo da KTA e membro do partido do governo Coreano); Group SR (Choi So-Ri); Ministério de Esporte e Cultura da Coréia; Grão-mestre Yong Min Kim (interlocutor); e MASTER KIM LINE (MKL) promovem o melhor e maior grupo esportivo-cultural da Coréia agora no Brasil.

O Grão-Mestre Kim, Yeo Jun (promotor do espetáculo em São Paulo) ficou impressionado pela grandeza, seriedade e profissionalismo demonstrado pelos representantes do grupo Sr. Cha-Seoc Lim (Mestre na Art Institute of Chicago/USA) responsável pela direção geral de produção, além do diretor-técnico Jung-Seoc Oh (especialista em áudio e iluminação), onde estiveram entre os dias 05 a 09 de agosto em São Paulo e 09 a 11 de setembro no Rio de Janeiro.
Foram visitados inúmeros teatros de São Paulo, entre os quais: Teatro TV Gazeta, Teatro Brigadeiro, Teatro Alfa e Tom Brasil/HSBC e após 4 dias de estudos minuciosos fora decidido pelo SESC Pinheiros.

O produtor Lim, ficou satisfeito pela estrutura apresentada do SESC e do teatro, além da atenção e profissionalismo do Professor Airton Magalhães (Coordenador de Programação) e Sr. Bruno (especialista em iluminação e um excelente tradutor de Inglês). A escolha contou com a flexibilidade, disponibilidade e facilidade concedida pela SESC. Sr Lim garantiu que o TAL será o melhor espetáculo já realizado no seu teatro.

Os representantes (Srs. Lim e Oh) reuniram-se e visitaram várias autoridades para solicitar apoio e cooperação, sendo: Sr. Park Sang-Sik (Cônsul Geral da República da Coréia); Professor Mauzler Paulinett (Chefe de gabinete do Vereador Sr. Aurélio Miguel e Presidente da SINDESP); Dr. Suh (Presidente da Associação Brasileira dos Coreanos); Grão-Mestre Yong Min Kim e Ms. Carlos Fernandes (Presidente da CBTKD).

As datas de espetáculos de “TAL”, em São Paulo esta definido, o dia 29 de setembro no Teatro do SESC Pinheiros; e no dia 02 de outubro no Rio de Janeiro. Os admiradores do Taekwondo não deverão perder este espetáculo das danças típicas e moderna (street Dance), além da arte de percussão dos tambores coreanos.
Alem disso o mestre Fabiano Morciane, diretor-tecnico da FETESP organizará a única apresentação da Equipe de Demonstração da Seleção Coreana, no dia 30 de setembro no teatro Municipal de São Jose dos Campos que composto com 18 atletas e 3 delegados.

O TAL que é composto por 40 integrantes e recebeu o prêmio no ano de 2010 “Suprema Representação Cultural Coreana”. Atualmente é apontado como referência em shows de múlti-grupo de performance esportiva-cultural da Coréia: Taekwondo (Arte Marcial Nacional e Esporte Olímpico, Seleção Coreana de demonstração) e cultural; Arirang, hino de resistência da cultura coreana; Mu-yong, varias danças Folclóricas e tradicionais, B-boy (dança moderna, street dance) dança moderna da juventude, e Buk, arte de percussão dos tambores tradicionais coreanos.

O show de TAL vislumbra aos expectadores características individuais e coletivas, harmonização das artes tradicionais e ritmos modernos da cultura Coreana num só espetáculo com muito luxo produzido pelo segredo e efeito das incríveis produções de iluminações e músicas.

Na coreografia, cada ator interpretará gêneros que representam duelo de conflitos entre “bom e mal”, “invasão e tentativa de preservar paz”, “sentimentos e emoções” através de efeitos visuais, sonoros, expressão plástica, figurinos com riqueza de informações e competente trabalho de direção são ingredientes de um lindo espetáculo que você não poderá perder.

Descubra toda a arte da cultura, danças tradicionais e modernas e da milenar arte marcial coreano no dia 29 (São Paulo) através de um Show inesquecível do Taekwondo Absolute Legend.

Grão-mestre Kim, Yeo Jun
kim@fetesp.com.br
Presidente da Federação de Taekwondo do estado de São Paulo.
Diretor da 1ª e maior academia de Taekwondo do Brasil (Academia Liberdade, fundada em 1970)

Agenda de TAL e Seleção Coreana de Demonstração no Brasil
SHOW, 19h30. 29/09/2011 (quinta) – Capital – SP.

Demonstração, 18h 30/09/2011 (sexta) – São Jose dos Campos
Reserve o seu convite com Ms. Fabiano Morciani (11) 3913-4712.Fonte: http://www.fetesp.com.br/index.php?acao_noticias=noticia&acao=noticias&noticia_id_02=1781

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/08/2011 em Coreanos, Notícias

 

Presença chinesa nos negócios brasileiros será tema de evento de comércio e investimentos

Discutir a crescente relação comercial e de investimentos entre Brasil e China é a proposta do primeiro China-Brazil Trade and Investment Summit, que a IBC irá promover em São Paulo, entre os dias 26 e 27 de setembro.

O evento abrirá espaço para discussões sobre as oportunidades de exportação e captura de parceiros chineses para projetos de larga escala.

A abertura do encontro ficará a cargo de Li Sining, Cônsul da China no Brasil. Em seguida, o diretor de produtos derivativos da BM&F Bovespa, Marcos Carreira, falará sobre a questão cambial como entrave ao desenvolvimento de relações comerciais e de investimento.

O bloco inicial do encontro se encerra com apresentações sobre a atuação chinesa em território brasileiro, conduzida pelo ex-diretor do Banco Central, Paulo Yokota, e sobre os riscos e salvaguardas para lidar com a economia chinesa. Esta última palestra será conduzida pela advogada Heloísa Bonciani di Cunto, do escritório Duarte Garcia, Caselli Guimarães e Terra Advogados, e pelo COO da Jining International, Lan Cheng.

No dia 27, duas sessões simultâneas promovem discussões mais aprofundadas sobre as relações comerciais e investimentos sino-brasileiros. Na sessão sobre as relações comerciais, a audiência poderá compartilhar os conhecimentos do Head of China Trade Desk do HSBC, Mário Luiz Schmidt Filho, do diretor da MeetChinaBiz, Shawn He Yuxun, do diretor de negócios da FWC, Chen Kuo Lung (com o case de aquisição de equipamentos para Aços Villares/Gerdau na China), e do sócio do escritório Law & Liberatore Advogados, Thomas Law, entre outros.

Na sessão sobre investimentos, o presidente da Aprosoja, Marcelo Monteiro, falará sobre a participação chinesa no agronegócio, juntamente com o COO da Jining International, Lan Cheng. Na seqüência, o presidente da BRFoods, José Antonio do Prado Fey, fala da parceria entre a BRFoods e a chinesa Dah Chong Hong, e o coordenador geral de investimentos da Secretaria do Desenvolvimento de Produção do MDIC, Eduardo André de Brito Celino, explica como demonstrar valor agregado aos investidores chineses.

Além das sessões plenárias, o encontro terá ainda três blocos adicionais, nos quais serão discutidos aspectos culturais relevantes para a negociação com parceiros chineses, identificação e captura de parceiros chineses para grandes projetos, e estruturação de projetos de exportação para a China.

O China-Brazil Trade and Investment Summit é uma iniciativa da IBC, com o patrocínio dos escritórios Law & Liberatore Advogados, e Duarte Garcia, Caselli Guimarães e Terra Advogados. Informações no site http://www.informagroup.com.br/china e na Central de Atendimento, pelo telefone 11-3017-6808.

AGENDA:

China-Brazil Trade and Investment Summit

Data: 26 e 27 de setembro de 2011.

Local: Hotel Staybridge, Rua Bandeira Paulista, 555, São Paulo, SP

Organização: IBC, empresa do Informa Group

Informações: 11-3017-6808 ou imprensa@informagroup.com.br

www.informagroup.com.br/china

Fonte: http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/presenca-chinesa-nos-negocios-brasileiros-sera-tema-de-evento-de-comercio-e-investimentos/57754/

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/08/2011 em Chineses, Notícias

 

II Encontro Internacional de Bonsai em São Paulo

A arte milenar japonesa que consiste no cultivo de árvores em pequenos vasos será a atração do II Encontro Internacional de Bonsai em São Paulo, no Pavilhão Japonês, no Parque do Ibirapuera, nos dias 3 e 4 de setembro próximos. O evento está sendo promovido pela EEB-Brasil – Escola Europeia de Bonsai – Brasil em conjunto com o Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social.

Com a proposta de difundir o desenvolvimento da arte Bonsai, sua história, filosofia, técnicas de plantio, manuseio e manutenção, o Encontro acontece pelo segundo ano consecutivo, no Pavilhão Japonês, com uma programação inédita.

No dia 3, sábado, o público poderá visitar a Exposição de Bonsai montada no jardim do Pavilhão Japonês e participar de oficinas sobre cultivo e cuidados das plantas bonsai. Também haverá uma Feira de Bonsai e apresentação de diversas atrações relacionadas à cultura japonesa (como música e dança).

No dia 4, domingo, além da Feira e Exposição de Bonsai, estão programados o workshop com especialistas convidados e o Concurso de Novos Talentos.

Além deste Encontro Internacional de Bonsai, nos próximos meses, os eventos relacionados à arte do bonsai deverão fazer parte da agenda cultural permanente da cidade de São Paulo, com exposições e oficinas. Já em 2012, a capital paulista também sediará o X Congresso da FELAB – Federação Latino Americana e Caribe de Bonsai.

II Encontro Internacional de Bonsai em São Paulo
Data: Dias 3 e 4 de setembro de 2011
Horário ao público geral: das 10h às 17h30
Horário do público técnico: das 9h às 17h30
Local: Pavilhão Japonês, no Parque do Ibirapuera
Av. Pedro Álvares Cabral s/n, portão 10
Informações e inscrições: (11)7641-0651, com Frigério – jlfrigerio@gmail.com
Ingressos (público geral): R$ 5,00 adulto e R$ 2,50 crianças/estudantes/idosos
Ingressos para os dias de evento com direito a todos os workshops e congraçamento técnico – R$ 300,00 por pessoa (valores especiais para grupos)
Inscrições para o Concurso de Novos Talentos: contato@eebb.com.br ou jlfrigerio@gmail.com

Fonte:http://rosanakamiya.blogspot.com/2011/08/ii-encontro-internacional-de-bonsai-em.html

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/08/2011 em Japoneses, Notícias

 

PUC-SP abre inscrições para os cursos de Cultura Judaica e História Judaica

Cursos são ministrados na Cátedra de Cultura Judaica, resultado de uma parceria do Centro da Cultura Judaica com a Pontifícia Universidade Católica

Dois cursos, de Cultura e de História judaicas, têm início na Pontifícia Universidade Católica, nos meses de setembro e outubro, oferecidos pela Cátedra de Cultura Judaica da PUC-SP.  No dia 5 de setembro, começa o curso de Cultura Judaica, ministrado pela professora Cecília Ben David, coordenadora de Educação do Centro da Cultura Judaica e graduada em Letras pela USP. E no dia 4 de outubro tem início o curso de História Judaica, dado pelo professor Mauro David Cukierkorn.

No curso de Cultura Judaica, são abordados diversos assuntos, como história, costumes, tradições, festas, rituais e curiosidades. “Os alunos recebem apostilas referentes aos temas abordados e assistem a documentários que complementam os conteúdos tratados em sala de aula. Aprendem de forma descontraída, porém intensa”, diz Cecília Ben Davi, ao acrescentar que o objetivo maior é “mostrar a importância da contribuição judaica na formação da civilização ocidental e, ainda, apresentar as singularidades e costumes judaicos”.  As aulas acontecem sempre às segundas-feiras, com duas horas de duração, das 20h às 22h. São ao total dez aulas. O valor do curso é de R$ 260,00.

No curso de História Judaica, em seu primeiro módulo, pretende, segundo o professor Cukierkorn, narrar a história do povo judeu – do seu nascimento à expulsão da Península Ibérica, em 1942. “As aulas deverão priorizar aspectos antropológicos do pensamento judaico. Ao mesmo tempo, trabalharemos as transformações do pensamento religioso, de Abraão até a Idade Média, e as suas influências no cotidiano das sociedades judaicas”, conta o professor, que é graduado em História PUC-SP e membro do Conselho Editorial da Revista Projeto História, publicada pelo Programa de Pós-Graduação em História da PUC-SP (1995-96).  As aulas acontecem a partir de 4 de outubro, sempre às terças-feiras, das 20h às 22h.  São oito aulas ao total. O valor do curso é de R$ 208,00.

Segundo José Luiz Goldfarb, presidente da Cátedra de Cultura Judaica – que é resultado de uma parceria da PUC-SP com o Centro de Cultura Judaica – os cursos mostram a cultura e história judaicas para todos e, ainda, aprofundam conhecimentos sobre o tema. “Nosso primeiro curso, de Poesia Bíblica, ministrado por Ariel Fingermann, teve 80% de alunos de fora da comunidade judaica, o que é muito interessante neste mundo que precisa, muito, dos diálogos entre as diferentes culturas e religiões. Aqui no Brasil ainda é novidade uma Cátedra como essa, mas é uma realidade existente em diversos países”, diz. “Universidades católicas pelo mundo afora mantém estudos dedicados ao Judaísmo; assim como a Universidade Hebraica de Jerusalém mantém uma área de ensino e pesquisa dedicada ao Cristianismo. Por isso, nada mais oportuno que a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo criasse sua Cátedra de Cultura Judaica”, afirma.

De acordo com Goldfarb, os alunos dos cursos da Cátedra têm um perfil bem variado. “Os cursos são instigantes para pesquisadores, professores e estudantes de graduação; pós-graduação nas áreas de História, Geografia, Ciências Sociais, Economia, Serviço Social, Relações Internacionais; e professores do Ensino Médio, assim como interessados em geral, mesmo quem não tem conhecimentos prévios sobre os assuntos abordados”, completa José Luiz Goldfarb.

Informações: (11) 3124-9600 ou http://cogeae.pucsp.br/cogeae/curso/3992

Fonte: http://www.panoramabrasil.com.br/pucsp-abre-inscricoes-para-os-cursos-de-cultura-judaica-e-historia-judaica-id70150.html

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/08/2011 em Notícias

 

Mais de 2 mil bolivianos respondem a processo de expulsão no Brasil

Dados são do Ministério da Justiça; comunidade é a que mais cresce em SP. Unidade consular da Bolívia em SP faz cerca de 5 mil atendimentos por mês.

Comunidade de estrangeiros que mais cresce em São Paulo, a colônia boliviana tem também o maior número de imigrantes respondendo a processos de expulsão do país neste ano, segundo levantamento feito pelo Ministério da Justiça.

O estudo, feito a partir de dados da Polícia Federal, mostra que 2.094 bolivianos correm o risco de serem mandados embora do Brasil. Em contrapartida, foram concedidas 209 anistias para os nativos da Bolívia regularizarem sua situação no país e poderem morar legalmente aqui. Esse número corresponde a 68,5% do total de anistiados até o mês passado, levando-se em conta as outras nacionalidades.

Enquanto a chegada de bolivianos ao Brasil se deve, tradicionalmente, por causa de oportunidade de trabalho, a saída se dá, geralmente, por acusações de crimes que se tornam condenações, de acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça. Não há números precisos, mas, segundo o ministério, a maioria das expulsões dos imigrantes sul-americanos ocorre por envolvimento com o tráfico de drogas.

Gráfico mostra número de processos de expulsão envolvendo imigrantes (Foto: Arte / G1)

O G1 não conseguiu localizar o cônsul geral da Bolívia em São Paulo, Jaime Valdivia Almanza, para comentar o assunto. Em entrevista concedida no início deste mês, a autoridade consular afirmou que existem aproximadamente 300 mil bolivianos na capital paulista. Outros 50 mil estão espalhados no Brasil.

Em 2010, o Consulado da Bolívia em São Paulo, na Avenida Paulista, atendeu cerca de 60 mil pessoas.

No Brás, na região central, fica uma unidade consular do país que atende, em média, cerca de 5 mil pessoas por mês. Ela fica na esquina das ruas Coimbra e Bresser. Dentro, há uma área destinada aos bolivianos que queiram se regularizar e duas salas. Uma é para a Polícia Federal; outra para o vice-cônsul, Rolando Ignácio Bulacios, que autorizou o G1 a fotografar o local no início do mês. Nas paredes, há fotos do presidente boliviano Evo Morales. Uma delas está num painel com cerca de 2 metros quadrados. Também há frases em espanhol como ‘Evo cumple, Jaime realiza, Bolívia avanza’.

Cartaz na unidade consular diz: 'Evo cumple, Jaime realiza, Bolívia avanza'. (Foto: Kleber Tomaz / G1)Cartaz na unidade consular diz: ‘Evo cumple,
Jaime realiza, Bolívia avanza’. (Kleber Tomaz / G1)

Expulsão é um processo administrativo que corre pelo Ministério da Justiça. Quem é expulso não pode mais retornar ao país, conforme determina o artigo 338 do Código Penal. Expulsão é diferente de deportação e transferência. Deportação ocorre, normalmente, por alguma irregularidade, como, por exemplo, a falta de documentação necessária. Transferência é aplicada em situações de condenados que vão cumprir pena no país de origem.

Os imigrantes da Bolívia encabeçam dois rankings divulgados pelo Ministério da Justiça: o de anistia e o de processos de expulsão. Paraguai, com 15 anistiados, e China, com 13, são o segundo e terceiro países com o maior número de casos neste ano até o mês passado, respectivamente.

Em se tratando de processos de expulsão, depois de bolivianos, surgem paraguaios (1.653) e peruanos (1.534). Imigrantes destes três países estão envolvidos em brigas e rixas na região central de São Paulo.

Número de anistiados desde o início deste ano (Foto: Arte / G1)

Na terça-feira (18), o G1 publicou uma reportagem mostrando que o Ministério Público Estadual apura a suspeita de crimes motivados por rixa entre os povos em São Paulo. As denúncias são de homicídios, latrocínios, assaltos e brigas entre imigrantes que moram na cidade.

De janeiro a julho deste ano, a Polícia Militar diz ter atendido 71 ocorrências envolvendo cidadãos da Bolívia, do Paraguai e do Peru. Durante esse período, além do assassinato de um alfaiate boliviano, ocorreram 34 roubos e 36 casos de lesões corporais. Os ataques ocorrem geralmente à noite em bairros do Canindé, Brás e Pari.

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/08/mais-de-2-mil-bolivianos-respondem-processo-de-expulsao-no-brasil.html

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/08/2011 em Bolivianos, Notícias